sábado, 29 de outubro de 2011

Batendo na porta do seu sentimento


Eu queria um lugar no mundo
Onde ninguém me visse ou ouvisse
Um lugar de silêncios perenes
De onde você jamais saísse

Eu queria um espaço no teu peito
Ganho sem esforço ou trama
Um espaço pra você me cultivar com afeto
E não apenas dizer, mas sentir que me ama

Eu queria ser responsável
Por pelo menos um brilho no teu olhar
Ser sensível e passível
Um pássaro livre no teu céu, no teu ar...

Eu queria que você permitisse
Que eu jamais partisse
E que tudo que a gente fez ou disse
Fosse um espécie de elo que nos unisse...

Porque o tempo vai passando
O mundo mudando
As coisas revelando
Um ir e vir sem fim

E por mais que você procure alhures
Eu estou aqui tão perto
Se fores um alvo, eu te acerto
Se estiveres aberto
Peço licença pra entrar...

Salvador, 29/10/11 08:45h

Deveríamos cantar como o Kurt http://www.youtube.com/watch?v=aTz85xBAliE&feature=related

e dançar bem perto, com a versão do Zé

http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=tC_elb9ieAk

Já pensou em como a mesma música não tem a mesma emoção?


Um comentário:

Dr. Humor disse...

seu blog esta muito bom entre meu também coffeandmilk-eu.blogspot.com