sábado, 25 de setembro de 2010

Inexatos



Às vezes os dias transcorrem


Escorrem


Escapam


por entre os nossos dedos...





Às vezes as noites são longas


As sensações são curtas,


Abruptas


Intensas...





No fim as contas


Não tenho o tempo que queria


E eu gostaria


De não me sentir tão só





Queria me ausentar de mim mesma


Pra descobrir olhando de fora


O que fica e o que vai embora


E no que vale a pena investir...





Embora todos nós pareçamos tão sensatos


O que no âmago, somos de fato?


O que precisamos demonstrar?


De quantos mil cacos somos feitos


Pra parecermos perfeitos


Pra quem de relance olhar...





Nós somos...


Seres... num eterno ir e vir


Seres... complexos e inexatos


Seres?


Ou eternas bombas-relógio?


Que num momento de descuido


Ou de ócio


Tic-tac, tic-tac, tic-tac... Bum!


Qual de nós está prestes a explodir?



Salvador, 25/09.10 11h 22min

Um comentário:

AMIGOS DE CRISTO disse...

Olá ...Meu nome é Jamile...Gostei muito do blog....Matei a saudade da Escola que estudei por 8 Anos...Conclui em 2004...Seria muito interessante vê as fotos da época...Teria possibilidade?
Ou pode passar para meu email: mils.princesa@hotmail.com
Queria muito levar no próximo encontro da turma da época.

Jamile Santos