quinta-feira, 19 de março de 2009

Pós "Dalila"...

Eu, depois da gripe Dalila (continuo com uma tosse seca e sem graça) comecei a vivenciar uma série de desventuras... Menina (o) nem te conto!!! Mas tudo bem, eu tenho uma capacidade de superação legal... Acho que as coisas não me atingem com muito impacto... É bom pensar assim e eu realmente acho isso!
Bom, Mison passou uma semana em reunião pelo IFbaiano aqui em Salvador... No final de semana saímos, pois durante a semana foi praticamente impossível!! Só um dia na Cira do Rio Vermelho e outro na Celi da Barra... Pensando bem, até que nos encontramos... Mamy tinha viajado pra Recife e os primeiros seis dias ela ficou lá, só depois que acabou a semana de reuniões é que ela foi lá pra casa, pois da casa de Mamy era mais perto pra UFBA.
Vimos separadamente "Quem quer ser um milionário?" e juntas "Milk". Dois bons filmes... Passamos umas três horas (no domingo) esperando pela sessão no restaurante 33 Sergio Arno... Me servi exageradamente do buffet (e não desceu tudo, que eu só guento 400g) e gostei da parte de cima, silenciosa... Detesto o barulho da praça de alimentação e acho legal todos aqueles restaurantes do térreo do Shopping Salvador... Mas não tem nada demais no 33...


Ah, a atuação de Sean Penn deixa o filme melhor do que ele realmente é... Acho que depois de Milk muita gente pode querer sair do armário... As pessoas saem comentando e isso é legal...aqueles filmes em que sai todo mundo caladinho, que não geram debate, geralmente são os filmes sem graça ou óbvios demais...

Beijos entre homens ainda mexem com as platéias... eu acho... O diretor, Gus Van Sant, parece estar gostando de usar o cinema pra polemizar... Isso tem lá seu charme, né? Mas eu não gostei de "Elefante"... e achei "Milk" com um texto fraco... Como é baseado em fatos reais, vai ver que era isso mesmo... Outros filmes ("do diretor assumidamente gay", como é constamente citado na mídia) e que pra mim foram bons são Gênio Indomável e Encontrando Forrester...
Vale a pena assistir "Quem quer ser um milionário" é tocante... A POBREZA, A MISÉRIA E OS AMORES PROFUNDOS ME TOCAM!!! Chorei foi muito!!! E se o filme é um drama, acho que as lágrimas literalmente caem bem... A emoção que o filme explora é interessante... O que você faria se de hoje em diante se tornasse um milionário? O que muda quando ficamos ricos? E quando ficamos famosos? E quando ficamos ambas as coisas, heim?
Destaque para a preocupação em mostrar três fases da vida dos personagens (primeira infância, início da adolescência e adolescência) com atores com idades compatíveis. A Índia está em alta! Mas os Oscars foram bem merecidos, viu?
Também assisti ao péssimo Watchmen! Ninguém merece um filme tão longo, tão violento e tão feio!
Eita que nem sou de achar filme ruim... sempre procuro algo que valha a pena e pague o ingresso... mas nesse aí, tá difícil!!! É devagar, chato, cansativo, improvável e os supostos "heróis" repugnates...
Desde a Grécia antiga que a "empatia" é alma de qualquer personagem... Mesmo o homem azul ( Dr. Manhattan ) é distante demais... Espectral, com sua roupinha colante de latex, não gera nem pena por sua vida complicada... Em suma, tudo muito triste, muido denso, muito chato... Se tivesse uma hora e meia de duração, talvez não incomodasse tanto! Além do mais, os super-heróis DC Comics e especialmente os Marvel são mais fáceis de assimilar e aceitar... São mais heróis do que humanos, sabe? Em Watchmen todos, sem exceção tem uma dose grande de esquizofrenia, de loucura desmedidamente violenta...odiei!

Al comprou uma moto vermelha e ganhou de Mison (ela disse que é presente de aniversário antecipado) um capacete preto com detalhes em vermelho... Eu fiquei de dar o outro... Atualmente a família só tem 3 motoqueiros, Al, Mison e Rosinha... a minha moto eu nem sei mesmo se vou comprar..

Me preocupa o trânsito de Salvador... mas acho que com cautela não vai acontecer nada de ruim com ele e nem comigo, caso eu também compre a minha... Al cogitou voltar a morar com a gente (eu e Binho)... afinal, suas despesasa aumentaram, e aí, a "mamatrif" aqui dá uma ajudinha... Mas eu já não gosto desse negócio de Binho ainda não trabalhar e Al que trabalha desde os 16 ainda precisar de uma "força" no orçamento... É caro ter filhos!!!! E enquanto eles ainda não são independentes, acaba sobrando pra gente, né?
Binho (que já tem 20 anos!!!) quer a máquina de tatoo... já comprou (com a mesada que eu dou) algumas agulhas, tinta, um tal de pedal e falta mesmo a máquina... Não me atrai muito a idéia dele tatuar as pessoas por aí, mas ele diz que é um hobby!! Imagine que é um hobby caro e complicado, né?

Bye... vou jantar!

2 comentários:

Tattoo disse...

Adorei o filme Slumdog Millionair e Quero muito ver milk! Tambem achei watdhmen um pouco chato.... bjos!

Amazona Virtual disse...

Concordo...Wachtmen foi inclusive um fracasso de bilheteria...


Um abraço,

Guel